Europa

Um vilarejo de contos de fadas chamado Loen, na Noruega

Se ao pisar no vilarejo de Loen, no Município de Stryn, pela primeira vez você tiver a impressão de que o lugar parece ter saído de um conto de fadas, não se surpreenda. Tudo ali te transportar à mais encantadora das fábulas: casas pitorescas de madeira com telhados cobertos de grama, pequenos comércios que pertencem às mesmas famílias há gerações, cafés e restaurantes de comidas típicas com aromas deliciosos atraindo clientes e pessoas com sorrisos amigáveis vivendo seu cotidiano tranquilo.

Isso tudo somado às montanhas, ao fiorde e à vegetação ao redor que formam uma paisagem inacreditavelmente bela, faz qualquer pessoa se sentir um pouquinho dentro da animação Frozen, um dos maiores sucessos da Disney. Mas isso não é coincidência, pois, de acordo com o diretor do filme, o reino fictício de Arendelle foi mesmo inspirado na Noruega. Portanto, em qualquer lugar do país dá para se sentir um pouco como ‘Elsa’ (ou Anna).

Uma vez em Loen, a primeira coisa a fazer é conferir o Loen Skylift, um teleférico inaugurado em maio de 2017 que leva o visitante a um quilômetro acima do nível do mar. A tecnologia é baseada em contrabalanceamento, que nada mais é um carro subir enquanto o outro desce, simples assim.

Em cada um dos carros (são apenas dois) cabem até 45 passageiros em uma viagem de cerca de 7 minutos de duração. Durante a subida, a paisagem que já era bonita vista de baixo, vai ficando ainda mais impressionante. O difícil é decidir para onde olhar, pois tudo é digno de foto de cartão postal.

A plataforma em que os teleféricos ‘estacionam’ foi construída no topo do Monte Hoven de onde é possível ter uma visão ainda mais hipnotizadora de tudo aquilo que os olhos alcançam abaixo. Lá estão o Monte Skåla e o lago de Lovatnet a leste, a geleira de Jostedalsbreen e a vila de Olden ao sul e Nordfjorden que se estende para Stryn ao oeste.

Irresistível não querer tirar um milhão de fotos daquelas paisagens únicas para publicar nas redes sociais fazendo caras e bocas, pois nada ali precisa de filtro, ajuste, edição, mas o importante mesmo é registrar tudo o que puder com seus próprios olhos. Definitivamente, o Monte Hoven é um lugar que merece ser contemplado.

Se além de curtir belas paisagens, existir também um espírito aventureiro como nos noruegueses que são loucos por caminhadas, ali mesmo, no alto do Hoven, existem opções de trilhas para esticar as pernocas.

Todas as trilhas possuem magníficas vistas da paisagem do fiorde e do Parque Nacional Jostedalsbreen e há caminhadas curtas mais fáceis e outras mais desafiadoras para serem feitas durante o dia inteiro. Os mais corajosos podem escolher a caminhada extrema na Via Ferrata Loen, a popular rota de escalada de 5 horas que inclui a ponte suspensa de Gjølmunnebrua – a ponte via ferrata mais longa em toda a Europa.

As trilhas localizadas perto do Loen Skylift estão terminadas e são marcadas e sinalizadas pelos padrões internacionais. Novas trilhas serão construídas nos próximos anos. Não é à toa que a Noruega possui a merecida reputação de principal destino de viagem para caminhadas na Europa.

Para matar a fome lá no alto, há uma única opção, o restaurante Hoven, que é operado pelo Hotel Alexandra, um dos melhores (senão o melhor) da região. No cardápio não existe muita variedade, mas entre os hambúrgueres a média de preço fica algo em torno de R$ 90. Se a escolha for pelo hambúrguer de veado o preço sobe: R$ 105.

As paredes envidraçadas do estabelecimento é uma de suas melhores qualidades – inclusive, muito superior à comida – e permitem que os clientes tenham uma vista panorâmica da paisagem irretocável do local.

Loen também é o lar do Monte Skåla, um impressionante e belo gigante que possui 1848 metros verticais na costa do fiorde. Para alcançar seu topo, não é necessário ser atleta, basta uma forma física normal. Também não é preciso nenhum equipamento especial, exceto estar bem agasalhado e alimentado o suficiente para aguentar passar um dia inteiro ao ar livre.

Chegando no alto, você pode passar a noite na cúpula de uma antiga torre de pedra, a Torre Skålatårnet. Em 1891, esta torre redonda com beliches de três níveis e capacidade para 22 pessoas foi construída.

Skålatårnet foi feita por Hans Henrik Gerhard Kloumann com objetivo de proporcionar ‘recreação para o corpo e a alma’. A ideia surgiu porque de sua casa, em Faleide, ele tinha uma bela vista do fiorde com o majestoso Monte Skåla em segundo plano, e então achou que o lugar pudesse ser perfeito para isso.

Em Loen, você também encontrará o vale selvagem de Lodalen. A natureza linda, indomável e a história trágica do vale fazem com que a visita ao lugar seja uma experiência imperdível. É lá que se encontra a geleira de Kjenndalsbreen, que é o ponto mais baixo da geleira Jostedalsbreen.

Tragédias marcaram a história da população local em dois momentos distintos, causando inesquecíveis lembranças. Por duas vezes, grandes blocos de pedras caíram do Monte Ramnefjell no Lago Lovatnet. Com as quedas das pedras, se formaram ondas gigantes comparadas a tsunamis que inundaram as aldeias de Nesdal e Bødal em 1905 e 1936, respectivamente. No total, 135 pessoas perderam suas vidas.

Mesmo com o passado triste, a beleza ao redor é indescritível. O Lago Lovatnet possui uma coloração em um impressionante tom de verde que encanta os visitantes e isso se deve às partículas de argila e ao pó das rochas que são esculpidas pelas geleiras e varridas pelos rios.

Outro passeio muito acessível para quem está em Loen é Briksdalsbreen, um dos braços mais famosos da geleira de Jostedalsbreen e está localizado a 30 km do vilarejo, dentro do Parque Nacional Jostedalsbreen. A geleira de 1310 quilômetros quadrados mergulha no belo vale Briksdalen. Veja o vale a pé ou pegue um passeio com um dos “carros Troll” até a geleira. Também é possível fazer passeios de helicóptero para ver a geleira do alto.

Briksdalsbreen termina em um pequeno lago glacial, Briksdalsbrevatnet, que fica a 346 metros acima do nível do mar.

Com apenas 550 moradores, o vilarejo de Loen é desses lugares os quais visitamos sem grandes expectativas e de onde saímos totalmente encantados. Vale muito colocar na lista de lugares para conhecer antes de morrer.

Onde Ficar:

Hotel Alexandra

N-6789 Loen, Nordfjord

Telefone: +47 57 87 50 00

A jornalista Tuka Pereira do Blog Pra Onde Vai Agora? viajou a Noruega a convite do Innovation Norway, do Conselho Norueguês da Pesca e do Consulado Geral da Noruega.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *