Estados Unidos

10 coisas para saber se for conhecer a Disney depois dos 30

Quando se fala em Flórida, o Estado preferido dos brasileiros que viajam aos Estados Unidos, as pessoas logo pensam em Disney. E como poderia ser diferente? Com um complexo que permeia os sonhos de crianças e adultos, a marca possui quatro parques temáticos –Animal Kingdom, Hollywood Studios, Epcot e Magic Kingdom– além de outros dois aquáticos: o Typhoon Lagoon e o Blizzard Beach.

Estamos tão inseridos no universo Disney desde pequenos que muito dificilmente alguém nunca sonhou em ir aos parques da marca ao menos uma vez na vida. Infelizmente nem todo mundo tem condições de investir neste tipo de viagem e por isso não são raras as pessoas que não realizaram este sonho quando crianças. Este é o seu caso? O meu também.


Eu, Tuka Pereira, em minha primeira experiência na Disney, ao lado das jornalistas Patrícia Chemin e Maria Clara Vieira, e da representante do Visit Florida, Claudia Claussen / Acervo pessoal

No auge dos meus 39 anos de idade, confesso que imaginava que não mais conheceria o mundo encantado na vida. Pensava: ‘Quão ridículo deve ser uma adulta sem filhos ou sobrinhos ir à Disney?’. Mas então eu fui. Agora, especialmente para quem quer se aventurar na terra do Mickey e já passou da infância faz muuuuuito tempo, eis algumas considerações:

1 – A primeira coisa que percebi foi o quanto fui boba em achar que a Disney fosse um lugar voltado apenas para crianças, adolescentes e para adultos acompanhando crianças. Na verdade, vi tantos adultos (casais, grupos de amigos, famílias) deslumbrados com o lugar que rapidamente me senti super à vontade para voltar a ser criança – rs… Irônico, não? Pois é. Portanto, desencane!

2 – É fundamental usar roupas e sapatos confortáveis. Você até pode achar esta dica boba, mas acredite, existem pessoas que esquecem. Vi isso com meus próprios olhos. Deixe de lado a sainha, a calça jeans apertada, o sapato bonitinho, a sandália que vai te dar calos, a blusinha cuja alça cai toda hora… Use shorts ou uma calça leve, camiseta e o seu tênis mais batido. Ah, não esqueça um boné ou um chapéu também. Assim você conseguirá aproveitar um dia inteiro de andanças sem nada que o incomode.

3 – Não deixe de ir a alguma atração dos parques por achar que pode ser muito ‘coisa de criança’. Se jogue, pois, o único objetivo de todas as pessoas que ali estão é se divertir. Um bom exemplo é o Toy Story Mania. No brinquedo – inspirado na animação de Woody e companhia – duas pessoas se sentam em um carrinho usando óculos 3D e atiram em alvos que vão aparecendo. Cada pessoa pontua separadamente e por isso a competição é inevitável e pra lá de divertida. No final aparece o placar e vence quem alcançar a maior pontuação.


Se você é competitivo, o Toy Story Mania pode ser ainda mais divertido / Divulgação

4 – É preciso ser sensato com o que compramos. Uma vez que você esteja dentro desse universo é natural achar tudo lindo (pois é mesmo) e querer comprar um monte de coisas. Mas antes de ter que se virar para fazer algo caber na mala, certifique-se de que a caneca em forma do Chewbacca ou o Minion gigantesco não virarão simplesmente mais uma coisa para acumular poeira em sua casa.

5 – Há atrações para agradar famílias inteiras: de crianças de colo a vovós e vovôs descolados, é só escolher. Recomendo grandemente ao menos duas atrações que considero imperdíveis: The Twilight Zone Tower of Terror e a Rock’n Roller Coaster Starring Aerosmith. A primeira é um elevador com capacidade para 21 pessoas que fica em um prédio estilizado para parecer um hotel antigo e decadente. A magia desta atração está principalmente no clima de terror e suspense já que no local cinco hóspedes teriam desaparecido no Halloween de 1939 em decorrência de um fenômeno sobrenatural. As pessoas entram no elevador, se sentam e o frio na barriga é garantia certa já que todos despencam do 13º andar. Já a segunda é uma roda gigante incrível que serve como ‘carona’ para chegar a um show de mentirinha da banda Aerosmith. Fora algumas luzes e efeitos que iluminam o trajeto, tudo é escuro e a sensação é a de estar voando em meio ao nada. Achei as duas sensacionais e iria mais umas cinco vezes em cada uma delas. Sério.


A The Twilight Zone Tower of Terror é atração imperdível / Divulgação

6 – Caso seu orçamento permita, contrate um Tour VIP que é a maneira mais incrível (e cara) de passear pelos parques da Disney. Com o guia, as atrações são livres de fila e ainda é possível ficar com os melhores assentos, mesmo nos brinquedos, shows e desfiles mais concorridos. Também é permitido ir à mesma atração mais de uma vez e mudar de parque durante o dia. Este tipo de tour pode ser contratado para um grupo de até dez pessoas e pelo período mínimo de seis horas e no máximo oito. O valor é o mesmo para duas, três ou dez, portanto o ideal é reunir um grupo grande até mesmo para dividir o valor que é entre US$ 400 e US$ 600 por hora, dependendo da época do ano. Detalhe: o valor não inclui o ingresso.

7 – Há excelentes restaurantes disponíveis e por isso não é preciso se empanturrar de fast food usando a desculpa de não haver nada melhor. Eu recomendo fazer reserva em ao menos um local (ou mais se seu bolso permitir) e aproveitar seus cardápios repletos de opções variadas. Uma boa pedida no Hollywood Studios é o Hollywood Brown Derby. O restaurante é uma réplica do Vine Street Brown Derby, lugar construído em 1928 que costumava receber estrelas do cinema para almoços, jantares e saraus nos anos dourados do cinema. Já se você estiver no Animal Kingdom e quiser conhecer um lugar incrível vá ao Tiffins. O restaurante celebra a inspiração global e obras de arte por trás do design do parque e possui um menu com opções deliciosas. Os valores dos dois restaurantes são bastante similares: nos dois cardápios há pratos que custam entre 15 e 60 dólares. Vale experimentar.


O Tiffins tem comida e decoração impecáveis / Divulgação

8 – Nem só adultos gostam de Star Wars e, por outro lado, também não é todo adulto que curte a saga. No entanto, se você faz parte do time daqueles que adoram os filmes, não pode perder os espetáculos e espaços dedicados à franquia no Hollywood Studios. O primeiro lugar a visitar é o Stars Wars Launch Bay que reúne artigos réplicas de objetos de cena, maquetes, figurinos, arte conceitual e artefatos dos filmes. No espaço ainda é possível tirar foto com os personagens, assistir a um curta-metragem sobre os bastidores da saga e comprar artigos relacionados ao filme, como bonecos, chaveiros e camisetas. Já se seu nível de paixão pela ficção científica for elevado, três atrações são imperdíveis. Uma é a Star Wars: A Galactic Spetacular, um espetáculo com efeitos de projeção, lasers, som e pirotecnia que acontece à noite. A outra é a Star Wars: A Galaxy Far, Far Away, um show que reúne alguns dos personagens mais importantes do filme em um palco revivendo algumas das cenas mais famosas da Saga. Por último, mas não menos divertido, simuladores de movimento em 3D levam os visitantes rumos a destinos famosos de Star Wars.


Fãs da saga Star Wars se encontram neste ponto / Divulgação

9 – Uma maneira bastante fora do convencional de se conhecer o universo Disney e que agrada especialmente aos adultos, é o Backstage Magic Tour. O passeio a pé de sete horas de duração, leva o visitante para os bastidores dos parques Magic Kingdom, Epcot Center e Disney Hollywood Studios. É possível percorrer os famosos ‘utilidors’, os túneis construídos sob o parque temático por onde os funcionários da Disney e veículos de entrega se deslocam sem serem notados. Os visitantes também observam profissionais trabalhando na criação dos figurinos, personagens, shows e desfiles. Não é permitido fotografar nenhuma área de bastidores e é preciso ter mais de 12 anos para participar. O valor é 275 dólares.

10 – Para um jantar inesquecível vá ao restaurante Rose & Crown Pub & Dining Room localizado no pavilhão do Reino Unido, na área do Epcot conhecida como World Showcase. Chegue cedo para conseguir uma mesa na área externa (não é permitido fazer reservas para as mesas externas), pois como o estabelecimento está bem em frente ao lago (World Showcase Lagoon) é possível ter vista privilegiada do Illuminations: Reflections of Earth. O espetáculo inclui pirotecnias, fontes e lasers que se movem perfeitamente sincronizados com a música. Também há projeções de imagens em um globo gigante que conta a história do planeta Terra. Outro jeito incrível de assistir a este show é a bordo de um barquinho chamado Breathless que poder ser alugado.


Illuminations / Divulgação

Para mais informações em português sobre os parques da Disney clique aqui.

A jornalista Tuka Pereira viajou a convite do Visit Florida em uma parceria com o Visit Orlando. Seu seguro-viagem foi garantido pela Global Travel Assistance.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *